terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Blog de recesso


Aproveitando o período carnavalesco vamos cair na folia.

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Tem foco de Mosquito transmissor da dengue no Ville Borghese




Postado na caixa de comentário do Blog:

Boa noite, moro no residencial Ville  Borghese. próximo do supermercado Cidade, na Mario Covas. Aqui tem foco do mosquito da dengue ,falei com o responsável pelo condomínio e nada foi feito, pois esse lixo está mais de quinze dias e nada foi feito, gostaria que um agente da vigilância fizessem uma visita urgente. em Alô Vigilância Sanitária Municipal. Leide

domingo, 31 de janeiro de 2016

Políticos e igrejas controlam 644 canais de TV na Amazônia graças à ditadura militar

Via Blog do Jeso Carneiro

Políticos e igrejas controlam 644 canais de retransmissão de TV nos nove estados da Amazônia Legal, onde a atividade tem uma situação jurídica excepcional, herdada do regime militar. A informação é da Folha de S. Paulo.

Enquanto no resto do país as retransmissoras só repetem os sinais emitidos pelas geradoras, na Amazônia Legal elas podem exibir até 3 horas de programação própria por dia e faturar com anúncios locais.

Na prática, funcionam como geradoras, sem necessidade de concessão aprovada pelo Congresso.
A possibilidade de produção local atraiu não só políticos e igrejas, mas também especuladores, que alugam canais a terceiros e conseguem as outorgas dos canais com apadrinhamento político.
Um estudo inédito identificou os proprietários de 1.737 canais de retransmissão de TV no Pará, Amazonas, Tocantins, Maranhão, Acre, Rondônia, Amapá, Roraima e Mato Grosso.
Sete senadores aparecem entre os políticos com retransmissoras na região, em nome próprio ou de familiares: Romero Jucá (PMDB-RR), Davi Alcolumbre (DEM-AP), Jader Barbalho (PMDB-PA), Acir Gurgacz (PDT-RO), Wellington Fagundes (PR-MT), Edison Lobão (PMDB-MA) e Roberto Rocha (PSB-MA).

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

"Menos Médicos" do PSDB em Ananindeua


O governo Federal tem o "Mais Médicos". Em  Ananindeua tem o "Menos Médicos".


Ananindeua: médicos continuam sem receber

Via Dol online 
A situação entre a Secretaria de Saúde de Ananindeua (Sesau) e a Cooperativa dos Médicos Anestesiologistas do Estado do Pará (Coopanest-PA) é de impasse, após o encerramento, em novembro passado, do contrato de prestação de serviços dos profissionais.

A Prefeitura de Ananindeua está devendo cerca de R$ 1,3 milhão aos médicos cooperados. No início da semana, a Coopanest informou que, após o encerramento do contrato, a sua renovação poderia acontecer até 60 dias depois. Porém, a Prefeitura já havia sinalizado que não tinha interesse em recontratar os serviços. Em nota, a Sesau informou que o contrato não foi renovado por ausência da Certidão de Regularidade Fiscal exigida no mesmo, o que teria impossibilitado o repasse de valores e eventual renovação contratual.

A secretaria afirma ainda que, tão logo a irregularidade for sanada, os repasses serão programados. Na mesma nota, a Sesau informa que continua com os atendimentos normais dos anestesiologistas, mas que agora o repasse é feito diretamente aos hospitais privados que atendem a Prefeitura.

(Carolia Menezes/Diário do Pará)

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

O coronel paraense na CBF é um marionete

Via Blog do Juca  Kfouri: 

Reportagem de hoje na “Folha de S.Paulo”, assinada por Camila Mattoso e Marcel Rizzo, revela que Marco Polo Del Nero segue no comando da CBF…

O coronel Nunes não passa de um fantoche.

JORNALÕES NACIONAIS DESABAM NO IMPRESSO E FOLHA E ESTADÃO ATÉ NA EDIÇÃO DIGITAL


(Foto: Reproduzida do Brasil 247)
 
Via Blog Evidentemente  do Jornalista Jadson Oliveira
O IVC, que mede a circulação dos jornais brasileiros, divulgou os dados de audiência de publicações como Folha, Globo, Estado de S.Paulo, Estado de Minas e Correio Braziliense, em 2015; os números revelam que o consumo de informação por esses meios desabou ao longo do ano passado, e não apenas nas edições impressas, como também no digital; uma das explicações para o tombo é a expansão da internet; uma segunda é o modelo de cobrança por conteúdo, que tem pouca receptividade no Brasil; e uma terceira razão pode ser o engajamento político dessas publicações, que optaram por uma agenda extremamente negativa nos últimos anos; Folha caiu 15,1%; Estado 8,9% e Globo 5,5%.
Reproduzido do site Brasil 247, de 26/01/2016, com o título ‘Mídia familiar desaba no impresso e até no digital’ (o título acima é da edição deste blog)

247 – Os principais jornais brasileiros experimentaram quedas expressivas de circulação ao longo de 2015, segundo dados do IVC, o Instituto Verificador de Circulação.

O dado mais surpreendente é que a circulação caiu não apenas nas edições impressas, mas também nas digitais – o que revela que as publicações não estariam sabendo como se adaptar à era da internet.

Entre janeiro e dezembro, a Folha caiu 14,1% no impresso e 16,3% no digital, o que gerou uma queda média de 15,1%, superior à do Estado de S. Paulo (8,9%) e à do Globo (5,5%).

Na lista do IVC, que contempla ainda publicações como Correio Braziliense, Zero Hora, A Tarde, O Povo, Valor Econômico, Gazeta do Povo e Super Notícia, todos – sem exceção – caíram. Alguns cresceram no digital, mas partindo de bases pequenas.

Os dados revelam vários fatores. Os jornais, naturalmente, foram afetados pela crise econômica que ajudaram a amplificar. Mas hoje enfrentam uma concorrência crescente de veículos puramente digitais.

Além disso, o modelo de cobrança por conteúdo, dos chamados paywalls (muros de cobrança para quem assina determinada quantidade de artigos), tem tido pouca receptividade no Brasil.

Um outro fator, que pode vir a ser considerado na análise, é o grau de engajamento político dos jornais da imprensa familiar, que passaram a substituir o jornalismo pelo proselitismo político, afugentando uma parcela de seus leitores.


Confira, abaixo, a tabela do IVC:
(Clicar na imagem para ver maior)

Vereador Kley Alves do PT foi vitíma de sequestro em Ananindeua




O Vereador Kley Alves (foto) foi vitima de sequestro relâmpago em Ananindeua. Em sua página no Facebook ele informa o ocorrido: 

Meus amigos e amigas, acabo de chegar em ksa vindo da delegacia onde fui registrar o BO para registro do assalto/sequestro que ocorreu comigo, mas graças DEUS não me fizeram mal algum, só danos materiais. Quero agradecer DEUS por me dá o livramento das mãos dos inimigos e agradecer também a tod@s que Oraram por mim pedindo a DEUS que eu voltasse pra casa sã e salvo e assim aconteceu..